7 DICAS PRÁTICAS PARA COMEÇAR A INVESTIR

dicas-praticas-comecar-investir-capa

Vou te ajudar neste artigo com 7 Dicas Práticas para Começar a Investir.

Eu sempre estou em busca de novos conhecimentos para o crescimento pessoal e profissional.

Depois de ver a aula “Transformando Desafios em Oportunidades” de Renato Hirata no Meu Sucesso , decidi ler o livro Fundamentos da Mente Próspera escrito pelo próprio Renato.

Uma das lições que aprendi no livro foi a importância de ter um auto conhecimento e por isso comecei a praticar Yoga.

Quando começamos algo novo, sempre procuramos por dicas práticas que possa ajudar.

Por isso, lembrei-me dos leitores do Jornada do Dinheiro e decidi escrever sobre 7 Dicas Práticas para Começar a Investir

 

 Defina seus gastos mensais

dicas-praticas-comecar-investir-1
É a parte mais importante para começar a investir, mas é considerado a parte mais chata também.

Você realmente precisa saber o quanto gasta todo mês para começar a investir.

Se for uma pessoa que gasta mais do que ganha, precisará mudar sua mentalidade antes de investir.

Hoje existem aplicativos que te ajudam nesta tarefa. Neste artigo eu menciono o Guia Bolso, mas também tem o Minhas Economias.

Depois de um mês, você terá seu número que será seu gasto mensal.

O ideal é separar em categorias como: Alimentação, Transporte, Saúde,  Casa, Educação e Lazer.

Vamos supor que seja R$ 1000,00. Guarde esse número!

Aprenda o significado de Liberdade Financeira

dicas-praticas-comecar-investir-2

Você sabe o que é Liberdade Financeira?

Na prática, significa você conseguir ganhar de forma passiva (sem trabalhar) o suficiente para você viver de forma confortável.

Você não precisa ser milionário para atingir a sua liberdade financeira.

Se seu custo de vida for baixo, você não precisará de muito para viver sem trabalhar.

Há muitos milionários que vivem sempre no vermelho e provavelmente se parasse de trabalhar iria a falência.

Por exemplo:

Uma pessoa A ganha 10 mil reais ao mês e gasta 10 mil reais ao mês. Ela nunca conseguirá a liberdade financeira.

Não sobrará dinheiro para ela começar a investir.

Outra pessoa B ganha 2 mil reais ao mês e gasta 1 mil reais ao mês. Todo mês ela guarda 1 mil reais.

Depois de 1 ano, a pessoa B terá uma reserva de 12 mil reais.

Mesmo ganhando 5x menos, a pessoa B está mais próxima da liberdade financeira!

Por isso, para alcançar a liberdade financeira, é muito importante ter o controle dos custos e gastos!

 Defina seu número mágico!

Agora que você sabe o quanto gasta por mês e já definimos o que é liberdade financeira, vou te ensinar uma conta para descobrir seu número mágico.

Esse número vai definir o quanto precisará investir para ter uma vida com liberdade financeira total.

Primeiro, vamos nos lembrar do nosso gasto: R$ 1 mil reais.

Para você calcular o quanto precisaria acumular, você precisa encontrar o valor anual. No caso, 12 x R$ 1.000,00 = 12 mil reais ao ano.

A próxima etapa seria dividir pela taxa anual real do investimento em que planeja deixar seu dinheiro. Essa taxa teria que ser descontado da inflação.

Apesar de conseguir 6,0 % na Poupança ou até 14 % no Tesouro Selic, nesse cálculo é melhor ser conservador.

Considero 2,0 % uma taxa realista a ser considerada. Você poderia até colocar 4,0 %, mas precisaria de uma boa inteligência financeira para conseguir esta taxa.

Vamos ao nosso exemplo:  R$ 12.000,00 dividido por 0.02 = R$ 600 mil reais.

Se você quiser receber R$ 1 mil reais mensais de forma perpétua, considerando um investimento de 2,0 % de taxa real anual, seu objetivo será conseguir 600 mil reais!

Veja que se você for inteligente financeiramente, você poderia dividir os 12 mil reais por 0,04 e precisaria de apenas R$ 300 mil reais.

Invista em você primeiro.

dicas-praticas-comecar-investir-3

Geralmente pagamos muitas contas e esquecemos de investir no nosso futuro.

Pagamos o INSS, FGTS e os impostos diretamente do nosso salário, mas esquecemos de investir em nós mesmos.

O ideal é conseguir separar pelo menos 10 % do seu salário mensalmente. Assim você estará investindo na sua liberdade financeira.

Parece pouco, mas depois de 30 anos esse montante se tornará muito grande. Veja que se investir 90 reais mensais por 30 anos você terá R$ 32.400.

Se conseguisse juntar o valor de R$ 1 mil reais todo mês, poderia ter o montante de R$ 360.000,00.

Isso sem considerar o poder dos juros compostos.

 Jogue a favor dos juros compostos

dicas-praticas-comecar-investir-4

Até aqui você já sabe que terá que poupar parte do salário para alcançar sua liberdade financeira.

Se você conseguir poupar e investir de forma eficiente, seu resultado se multiplicará!

Veja alguns exemplos que te motivará a começar a investir:

Considerando o investimento na poupança de 0.5 % mensais, aqueles R$ 90 reais mensais se tornariam R$ 90.406,35.

Agora se você acompanha o Jornada do Dinheiro, poderia alcançar uma taxa de 1,0 % mensais, e os R$ 90 reais mensais se tornariam R$ 314.546,77.

Vamos fazer os mesmos cálculos para os R$ 1 mil mensais:

Para uma taxa de 0,5 % mensal, teria R$ 1.004.515,04 ! E com a taxa de 1.0 % mensal, R$ 3.494.964,13.

Ou seja, se você começar a investir R$ 1 mil reais e conseguir boas taxas, você se tornará um milionário!

Veja que com disciplina e conhecimento, você poderá alcançar sua liberdade financeira! Está na hora de começar a investir!

Aprenda sobre os investimentos

Aqui no nosso site do  Jornada do Dinheiro estamos escrevendo semanalmente artigos para te ajudar a conhecer sobre investimentos.

Você precisa aprender sobre o Tesouro Direto, CDB e LCAs. Cada investimento tem suas vantagens e desvantagens.

Também sempre orientamos montar uma reserva de emergência para se proteger dos imprevistos.

Para melhor aproveitamento das taxas, você precisa sair dos bancos e investir pelas corretoras.

Quando a Taxa Selic cair, você vai precisar diversificar seus investimentos.

Leia nossos artigos do Investidor Iniciante e entre no nosso grupo do Facebook.

Faça cursos presenciais para começar a investir

dicas-praticas-comecar-investir-5

Tenho muito orgulho do sucesso dos nossos leitores nos investimentos deles.

Foram pessoas que aprenderam com nosso material e já estão investindo em Tesouro direto, ações e fundos imobiliários.

Como sabemos que a palavra investimentos e educação financeira assustam muitas pessoas, realizar um curso presencial pode ser uma maneira eficiente para começar a investir na prática.

Inclusive nós do Jornada do Dinheiro estamos preparando uma surpresa para vocês. Aguarde para novas informações.

Conclusão

Com essas 7 dicas para você começar a investir, tenho certeza que ficará motivado para aprender mais sobre investimentos e educação financeira.

Parece ser uma matéria complicada, mas com nossos artigos você conseguirá superar as barreiras.

O mais importante é ter a consciência da importância deste assunto e começar a estudar imediatamente!

Tenho certeza que você vai começar a investir ainda esse ano!

Deixe seus comentários abaixo!

Edson Ichihara

  • Marcos de Paula

    Dicas rápidas e práticas!! Serve como uma guia, vou compartilhar com alguns conhecidos.

  • Erivelton Soares Beto

    Estou analisando em investir num futuro já próximo,e as dicas que você (s) nos passam aqui nesse site,são de extrema importância. Tudo simples e de fácil compreensão…

  • Edson Ichihara

    Olá Erivelton, muito obrigado pela mensagem! Tenho certeza que já estará investindo logo! Como está sua carteira de investimentos?

  • Edson Ichihara

    Olá Marcos, muito obrigado pela mensagem! E obrigado por compartilhar! Você vai no evento da WBC semana que vem?

  • José Eduardo de Araujo

    Mais um ótimo artigo!! Acho muito bacana como vocês conseguem explicar de uma maneira simples e fácil de entender.

  • Junmior

    Muito bom post, parabéns. Uma dúvida . . .

    Em relação a “Renda Passiva”, qual a melhor opção para o investidor?

    Gostaria de uma aplicação semelhante a poupança, é colocar o dinheiro lá e depois de um mês retirar os juros para as despesas mensais.

    Pelo que eu aprendi, o investidor terá sempre que migrar seus investimentos. Por exemplo, TD/LCI/LCA/Debentures possuem um prazo, 2, 5, 10, 30 anos,
    depois desse prazo deve-se reaplicar.

    As opções seriam Ações(dividendos) e FIIs?

    Enfim, a minha dúvida é em qual investimento deixar o dinheiro e no fim do mês retirar os juros, simples assim.

    Grato pela atenção
    Abraço

  • Edson Ichihara

    Olá José Eduardo, muito obrigado pela mensagem! Tenho certeza que já vai estar investindo em pouco tempo!

  • Edson Ichihara

    Olá Junmior, muito obrigado pela mensagem. Para renda mensal vc pode ter 3 opções: Tesouro Selic ou CDB liquidez diaria (vc resgata os valores dos juros, vai ter imposto de renda) ; Escolher os TEsouro Prefixado com juros mensais e TEsouro IPCA com juros mensais. Como vc vai receber os juros em meses diferentes (dependendo do titulo e do vencimento), vc pode fazer uma tabela para que recebe todos os meses; e a terceira é pela renda variavel, seja com FIIs ou ações (somente as ações do Banco Itau e Bradesco que dão dividendos mensais, mas é bem pouco o valor).

  • Luiz Omena

    Pessoal estou com uma dificuldade grande, tenho um capital para investimento, mais não sei onde colocar, minha preferência é razoável rentabilidade, liquidez imediata, que possa todo mês fazer aportes e grau de riscos pequeno. Alguém pode me ajudar? Obrigado pela atenção. Bom dia a todos