VOCÊ QUER PROTEGER SEU DINHEIRO?

proteger-dinheiro-capa

Você quer proteger seu dinheiro?

Por muito tempo eu vinha falando da importância de gerenciamento de risco, e ainda da importância de proteger a carteira e as pessoas de forma geral, ou não ligavam, ou se preocupavam pouco com isso. Então veio o dia 17/05/2017. O que parecia um céu de brigadeiro se transformou em um trem fantasma. A bolsa despencou 10% em menos de 30 minutos, e não teve nem como se defender. O grande detalhe é que tiveram alguns títulos do tesouro direto que acabaram caindo inclusive mais que as próprias ações das empresas. O tesouro IPCA 2045 caiu 23%, e o tesouro IPCA 2035, por exemplo, caiu 16%.

Exatamente sobre isso que quero falar com você hoje. Não adianta se proteger depois que o evento inesperado acontece. Você precisa se proteger antes e eu conheço três boas formas de se proteger. Neste artigo irei elencá-las e colocarei os prós e os contras de cada uma delas.

 

Estratégia 1

Nesta estratégia de proteção do seu capital você não pode ficar comprado com todo o seu dinheiro. Isso significa que você precisa ter uma reserva em renda fixa com liquidez imediata, e em caso de quedas fortes você aproveita para fazer novas compras. Depois com o depósito de dividendos você irá recompor essas reservas de forma que você possua novamente recursos líquidos para as próximas oportunidades.

A grande vantagem dessa estratégia é que você ganha um rendimento de Renda Fixa em parte do seu rendimento que no Brasil não é baixo, e além disso, em caso de queda você tem oportunidade de comprar ações de ótimas empresas a preços bem mais baratos, o que pode gerar para você dividendos cada vez maiores.

No entanto em caso de alta forte das ações como no ano passado, você só terá uma parcela do seu capital sendo remunerado pela alta taxa de rendimento da bolsa daquele determinado momento. O restante do seu dinheiro estará rendendo de acordo com a Renda Fixa.

Eu digo que essa estratégia é muito boa para o período de queda da bolsa. No entanto, o atual cenário não nos dá essa certeza. Na verdade, até semana passada, o cenário era o inverso.

Estratégia 2

Nesta estratégia, você aplica a metade do seu dinheiro ou uma parcela relevante em empresas conservadoras, ou empresas que tenham muita receita em dólar. Isso ocorre porque as empresas de beta baixo, quando a bolsa cai elas caem menos. E as empresas que possuem a maior parte de suas receitas em dólar, costumam subir em momentos adversos da bolsa.

Para investir de forma consciente na Bolsa de Valores, não deixe de conferir o Ações para Iniciantes.

O dólar e a bolsa têm uma correlação negativa. Isso significa que historicamente quando um sobe o outro cai. Não estou falando de um dia, nem de um mês. Estou falando de momentos de stress da bolsa como o ocorrido na última quinta feira dia 17/05. Quando a bolsa chegou a cair mais de 10%, e o dólar subiu mais de 5%. Neste dia as empresas que possuem receita em dólar subiram bastante.

A grande vantagem dessa estratégia é que sua carteira fica bem balanceada, então qualquer que seja o cenário você irá ganhar um valor próximo sem muitas variações. A grande desvantagem é que esse valor normalmente é tão pequeno que não bate a Renda Fixa. É aquela máxima que seguro demais perde toda a rentabilidade.

Comece a investir Agora

Insira seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente o nosso e-book 11 Passos Simples para Ir de Endividado a Investidor!

Estratégia 3

A princípio, operar opções pode amedrontar muitas pessoas e estas devem pensar que isso não é para elas. Ou ainda que isso deve ser muito complicado e que pode forçar elas a perderem todo o dinheiro. Realmente isso é verdade. Você pode perder dinheiro rápido com opções, caso não esteja preparado, ou caso não esteja bem assessorado. Existem várias estratégias com opções que reduzem o risco da sua carteira e trazem uma proteção maior. Estratégias que te permitem ficar comprado com todo o seu dinheiro e caso as ações caiam muito as suas opções irão se valorizar, mitigando parte das perdas. Você até pode mitigar a totalidade das perdas, mas neste caso sairia muito caro comprar opções nessa quantidade e não vale a pena.

Só como exemplo, no último dia 17/05, a minha carteira de ações caiu 9,7%, quando eu somei com as minhas posições em opções, descobri que o todo tinha caído apenas 3,8%. E o mais importante, com o dinheiro da venda das opções eu tinha dinheiro para comprar as boas ações com preços em desconto que a bolsa tinha a me oferecer.

 

Se você ainda não acredita que uma opção possa subir tanto, olhe esse exemplo:

proteger-dinheiro-1

Olhe quanto subiu essa opção de venda de Banco do Brasil na segunda feira dia 22/05/2017.

 

Uma opção de venda dá o direito da pessoa que comprou de vender essa ação pelo preço de exercício. Neste caso é R$ 26,41 como está na foto. Se no dia do vencimento as ações de Banco do Brasil estiverem em 23,00, por exemplo, você poderá vendê-la por 26,41. Mesmo que você não tenha ações de Banco do Brasil na sua carteira, você pode vendê-la por 26,41 e recomprar imediatamente no dia do vencimento por R$ 23,00, apenas ligando para corretora e ganhando a diferença de R$ 3,41. Percebam que se você já tivesse essa ação desde o dia 19/05. Você teria comprado ela por R$ 0,82 e neste caso poderia ganhar no vencimento R$ 3,41, uma alta de mais de 400%. Se você comprou 5000 opções por R$ 0,82, você gastou R$ 4100,00, e no vencimento se a ação chegar em R$ 23,00, você irá exercer a opção, ganhará R$ 3,41 por opção e terá disponível a quantia de R$17050,00.

E se a ação subir:

Se a ação subir e não estiver abaixo de R$ 26,41 no vencimento você perde o valor da opção, mas provavelmente ganhará dinheiro com as ações da sua carteira que irão compensar a perda dessa opção. Se a alta não compensar o seguro é porque você fez um seguro grande demais.

É importante ressaltar que esse movimento de 73,17% de valorização no preço dessa opção se deu porque a ação de bbas3 caiu 4,47%. No dia 17/05, quando ocorreu o circuit breaker e a ação chegou a cair mais de 16%, tiveram opções que se valorizaram mais de 400% em apenas um dia. Eu por exemplo estava em bbass60 que comprei em 12/05/2017 por R$ 0,76. Essa opção ainda chegou a cair pra R$ 0,40 e na segunda feira dia 22/05, após toda essa queda pude vender por mais de R$ 4,00 cada uma. Uma valorização superior a 500%. Mas o principal não é a valorização. É o fato de me dar dinheiro para comprar ações que estejam baratas no momento de crise.

Vejam abaixo a alta da ação de bbas3 que culminou em uma alta enorme da opção que foi mostrada anteriormente:

proteger-dinheiro-2

 

Conclusão

Como vocês puderam ver o mercado de opções pode ser muito rentável e te proteger ao mesmo tempo. Ele pode servir pra reduzir o risco da sua carteira e te deixar preparado para rentabilidades ainda maiores. No entanto, operar sem conhecer nenhuma estratégia, apenas comprando opções de compra quando acha que vai subir e opções de venda quando você acha que vai cair é a receita para o fracasso. Existem formas de se calcular o risco das operações. Formas de se analisar se estas valem a pena ou não. O motivo para se entrar em cada estratégia. E ainda formas de se proteger mais baratas que apenas comprando opções de venda como a mostrada aqui.

Se você quiser conhecer e se aprofundar mais neste assunto, se inscreva neste mini-curso gratuito de opções. Garanto que você não irá se arrepender e no final gostará de aprender mais sobre esse assunto fascinante.

Abraços e Bons Negócios

Daniel Nigri Analista certificado CNPI

 

O investimento em opções é de risco muito alto. É fundamental que se conheça bem as estratégias para não perder muito dinheiro neste mercado. Algumas corretoras permitem inclusive realizar estratégias que possibilitam perder mais que o dinheiro aplicado. Por isso, estudem primeiro.