VALUE INVESTING: O MÉTODO DE WARREN BUFFETT

value-investing-warren-buffett-capa

 

Se você já ouviu falar de Warren Buffett, deve saber que ele é uma das cinco pessoas mais ricas do mundo.

E grande parte dessa riqueza foi construída por meio de investimento em ações.

Ele teve como mentor Benjamin Graham, que é considerado o criador da estratégia de value investing (ou investimento em valor), sobre a qual falaremos aqui.

Esse é um método focado na análise fundamentalista de empresas, isto é, avalia especialmente os balanços e o histórico das empresas.

Diferentemente do buy and hold tradicional, o value investing busca encontrar o valor intrínseco de uma empresa para, a partir disso, concluir se o preço pelo qual suas ações estão sendo negociadas oferecem algum desconto.

Nesse tipo de estratégia, as métricas de preço, lucro, receitas, dívidas, caixa, entre outros, são fundamentais para calcular indicadores importantes para definir se uma ação representa uma boa oportunidade.

No entanto, como o value investing tem muitas semelhanças com o buy and hold, sugiro que você leia este artigo em que comparo buy and hold com trading para que entenda primeiramente sobre essas outras duas estratégias.

Sem mais delongas, vamos aos principais conceitos sobre value investing que você deve conhecer.

 

COMO LUCRAR COM O VALUE INVESTING?

Como dito anteriormente, o value investing guarda algumas semelhanças com relação ao buy and hold no sentido de que o principal critério para se comprar uma ação é observar se a empresa gera lucro.

Se for uma empresa com consecutivos prejuízos ou um histórico um pouco nebuloso, já pode ser descartada para esse tipo de estratégia.

Além disso, o investimento em valor também rende bons rendimentos em forma de dividendos e juros sobre capital próprio (JCP), já que a ideia é de que o investidor compre e fique com as ações por um bom tempo.

A principal diferença é que, enquanto o investidor buy and hold vende suas ações somente em caso de perda de fundamentos por parte da empresa, o investidor de value investing se aproveita das distorções do mercado para comprar ou vender.

Portanto, o principal objetivo dessa estratégia é comprar uma ação com desconto e vendê-la quando estiver sobrevalorizada.

Afinal, mesmo que a empresa seja boa, é mais interessante comprá-la mais barata do que cara, não concorda?

Assim como você pesquisa preços na hora de comprar suas roupas, comprar carros ou imóveis, nas ações também é importante verificar o preço.

Isso nos leva a outro conceito importante que é a margem de segurança.

Ela nada mais é do que a diferença entre o valor intrínseco e o valor de mercado de uma ação. Caso queira ser mais conservador, pode deixar uma diferença a mais.

Um exemplo para facilitar: suponha que a ação WXYZ3 custe R$ 10,00 na bolsa. No entanto, você já calculou que o preço justo dela, ou seja, seu valor intrínseco é de R$ 15,00.

Isso significa que sua margem de segurança é de 50%, pois ela precisa se valorizar 50% para chegar ao preço considerado justo.

Comprando uma ação por menos do que ela vale, você corre menos riscos e tem maior chance de valorização.

Como ela já está com preço muito inferior ao seu valor intrínseco, dificilmente continuará se desvalorizando e, pelo contrário, terá grandes chances de se valorizar (desde que seja uma boa empresa).

Isso contradiz aquele velho ditado de que, para ter maior chance de ganhos, deve aceitar um maior risco.

Por isso, é muito importante você olhar os riscos da empresa e entender por que ela está sendo negociada com desconto.

QUAIS AS VANTAGENS DO VALUE INVESTING?

Aqui, listo algumas vantagens do investimento em valor:

– Estratégia que consegue potencializar os ganhos ao mesmo tempo em que reduz os riscos

– Não há necessidade de ficar horas e horas acompanhando a oscilação do mercado, já que os movimentos que buscamos alcançar são de longo prazo

– O acompanhamento das ações pode ser feito mensal, trimestral ou até mesmo anualmente, já que os balanços são divulgados com base trimestral

– Ganho extra com dividendos e JCP do período em que mantiver as ações

 

Comece a investir Agora

Insira seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente o nosso e-book 11 Passos Simples para Ir de Endividado a Investidor!

QUAIS AS DESVANTAGENS DO VALUE INVESTING?

Aqui, listo algumas desvantagens do investimento em valor:

– É necessário ter paciência, pois a valorização tende a ocorrer no longo prazo, e o investidor normalmente busca ganhos de curto prazo

– Nada garante que uma boa empresa continuará sendo boa no longo prazo, o que pode diminuir o valor intrínseco e, consequentemente, a margem de segurança do seu investimento

– É preciso aprender alguns dados importantes dos balanços das empresas para poder identificar quais são as ações que se encontram com bons descontos

– Não se pode comprar sempre, sem se atentar aos preços, pois isso pode acabar comprometendo a margem de segurança

QUEM DEVE SEGUIR A ESTRATÉGIA DO VALUE INVESTING?

estrategia-buy-and-hold-trading-02

 

Essa estratégia é utilizada pelos principais investidores do mundo, como Warren Buffett, George Soros, Peter Lynch, Philip Fisher, entre outros.

Esses investidores acreditam na irracionalidade do mercado, ou seja, que existem distorções de preço de tempos em tempos, em determinadas ações. E isso pode e deve ser aproveitado.

O investidor que tem alguma disposição de estudar um pouco por mês para avaliar quais empresas se encontram em seus critérios pode ter muito sucesso com essa estratégia.

Um dos maiores especialistas dessa estratégia no Brasil é o André Fogaça, que apresentará na semana que vem um evento anual que chama de Semana do Investidor.

Nesse evento, ele falará um pouco mais sobre esse método de investimento. Serão palestras on-line que você poderá assistir nos horários disponibilizados.

Para fazer sua inscrição, clique aqui.

Se tiver dúvidas ou comentários sobre o value investing ou qualquer outra estratégia de investimento, deixe um comentário.

Grande abraço!

Vitor Hernandes

  • malanar11

    A proposta do André Fogaça é ótima e o banco de dados disponível no site dele ajuda muito. Já vi vários vídeos dele. O único problema é que os vídeos são muito chatos. Ele passa uns 3 minutos me dizendo como ele quer me ajudar, mais uns 2 dizendo o quanto aquilo é importante pra mim por aí vai, e isso em todos os vídeos.

  • Fala, Malanar!

    Ele poderia ser um pouco mais direto nos conteúdos mesmo, mas acaba repetindo essas questões porque muita gente não assiste os vídeos na sequência, acaba pegando vídeos soltos.

    Mas em termos de conteúdo para a estratégia de value investing, o material é muito bom!