OS BALDES DA RIQUEZA (ou como enriquecer com método)

bal

Os baldes da riqueza (ou como enriquecer com método)

O poço ativo é a renda do seu trabalho, que precisa da sua presença. Sem você, não tem fluxo. Você precisa bombear de segunda à sábado (algumas vezes até domingo) durante o mês inteiro. Essa renda é proveniente de emprego, freelance, trabalho como autônomo. Portanto, um fluxo FINITO. Aqui você trabalha pelo dinheiro.

O poço passivo é a renda ‘ilimitada’, proveniente de ativos geradores de renda como fundos imobiliários, ações pagadoras de dividendos, aluguel de imóveis. Ou seja, fluxo ilimitado e independente da sua presença. O fluxo jorra para cima sem o seu esforço e o dinheiro trabalha para você.

O balde furado dos gastos equivale às contas a pagar, necessidades básicas e gastos com seu custo e qualidade de vida. Quanto maiores os gastos, maior é o furo e maior será a dificuldade de enchê-lo. É o dinheiro que simplesmente vai embora pelo ralo com muita facilidade.

O balde da poupança equivale à sua reserva de emergência, ou um fundo para catástrofes como perda do emprego, colapso da economia, acidentes, gastos inesperados com saúde. Especialistas recomendam no mínimo 3x seus custos mensais de reserva. Se você é um profissional liberal ou autônomo, é mais sensato uma reserva mais robusta por conta da insegurança na renda.

Para saber mais sobre a reserva financeira, clique nesse artigo do Vitor Hernandes.
Além da reserva, temos aqui nesse balde, o dinheiro para compra de itens no curto prazo como um automóvel, um terreno, reforma da casa, férias. É um dinheiro que você precisa proteger sob qualquer custo e ter a liquidez de acordo com seus objetivos.

Imagine que você planeja a reforma da casa para daqui a 3 anos. Esse dinheiro pode estar alocado em um ativo com liquidez inferior a 3 anos como por exemplo o título prefixado do tesouro direto. Por outro lado, para sua reserva de emergência, o dinheiro deve estar disponível imediatamente. Poderia estar alocado no tesouro SELIC, ou até mesmo na poupança na pior das hipóteses.

O balde dos investimentos tem o objetivo de fazer o seu patrimônio crescer para o LONGO PRAZO e planejamento da sua aposentadoria antecipada.

O objetivo é preencher os 3 baldes

esquema

O que acontece quando você consegue encher esses 3 baldes?

Você está rico, meu amigo. Rico!!! Independente se é com R$1 milhão, R$200mil , R$100mil reais. Não importa. Você está rico e tem total liberdade financeira para fazer o que quiser.

Se há dificuldades em encher os 3 baldes, só temos 2 soluções. Cavar novos poços ou aumentar o fluxo do seu poço.

Solução 1

Nessa metáfora, cavar novos poços significa ter uma renda extra com um outro emprego, prestar consultoria = renda ativa. O ponto negativo é a renda limitada e sua presença física necessária.
Ou adquirir investimentos geradores de renda como FIIS, AÇÕES pagadoras de dividendos e imóveis alugados por exemplo = renda passiva. Via de regra, essa renda pode ter um fluxo oscilante, mas com uma perpetuidade enorme se forem imóveis ou ativos de qualidade.

E lembrando, não precisam da sua presença física a todo instante. Você está dormindo e o dinheiro trabalhando para te sustentar.

Fenomenal, não acham?

Solução 2

Caso não queira cavar em busca de novas fontes, você pode investir na produção do seu poço atual. Explico. Imagine que sua fonte de renda hoje venha de aulas particulares de idiomas. Como você pode aumentar a sua renda? Uma boa ideia é você tornar-se um profissional de excelência, investir na sua qualificação, aumentando assim o seu valor percebido pelos clientes e maior retorno financeiro, investir no seu marketing, captar novos alunos. Você entendeu. A desvantagem aqui é que você fica sujeito a apenas 1 fonte de renda. Enquanto na solução 1 se você perder o emprego ainda tem fluxo dos outros ativos. Perceberam? No entanto, vale o que funcionar melhor para cada um.

No entanto, reparem bem no tamanho do furo do balde de cada um de vocês. Para isso é importantíssimo que tenham uma planilha de orçamento. Todos precisamos saber onde é gasto cada real do salário para reduzir o tamanho do furo. Se chega no meio do mês e você não sabe para onde foi parar o salário, lembre-se desse buraco e comece imediatamente a anotar os seus gastos.

Por mais que a soma das suas fontes rendam 50mil ou 500mil anuais, se o seu balde tiver um furo enorme, não haverá dinheiro no balde da poupança e muito menos nos investimentos. Lembrem-se que esses baldes são responsáveis pela sua segurança e alívio financeiro no fim do mês e também pela sua aposentadoria. Da mesma maneira, se uma pessoa não tiver um salário tão alto, mas tiver uma vida mais modesta, controlada e inteligente financeiramente, é bem provável que os 3 baldes se encham mais rapidamente do que o primeiro exemplo.

Caso esse artigo tenha sido útil para você, compartilhe!


Anderson Chaves

*O artigo foi retirado com base na leitura do livro 11 segredos para a construção de riqueza – Mark Ford, ebook gratuito, com conteúdo disponibilizado pela empiricus.

  • Edson Ichihara

    Excelente artigo Anderson! Quando eu li esse livro do Mark Ford, ele facilitou meu entendimento sobre a riqueza! Inclusive eu estou fazendo o curso dele – WBC Brasil. Gosto muito da forma didática dele..E vc conseguiu deixar ainda mais didático! Parabéns!

  • Anderson Henrique Chaves

    Fala Dr. Obrigado pelo feedback.

    Esse livro foi um divisor de águas na minha educação financeira. Não desmerecendo os outros clássicos, mas a didática desse livro foi muito útil pra mim.

    O que achou desse WBC?
    Fiquei só no livro mesmo.

    Teu Vídeo do Harv ficou excelente tbm!

    abç e sucesso!

  • Anderson

    Perfeito. Gostei. Inteligente e capaz
    Claro e objetivo.

  • Anderson Henrique Chaves

    Fala Xará.
    E ai, como estão os seus baldes? Preparando-se pra tapar os furos?
    Conte pra gente!

    obrigado pelo feedback
    abçs e sucesso!!

  • Muito bom Anderson!

    A metáfora dos poços com os ativos ficou demais, isso motiva quem está começando a querer mais e mais ativos geradores de renda e em tempos como esse que vivemos de alta taxa de juros e inflação, saber se proteger é essencial para sobreviver ao mercado e aos poucos criar mais renda passiva ou cavar mais poços como colocou.

    Abraços!

  • Anderson Henrique Chaves

    Fala General. FIco muito satisfeito com teu feedback. E isso ajuda na melhoria contínua de novos artigos.

    A proteção em tempos de crise é algo essencial mesmo O balde da poupança é destinado também à proteger o seu patrimônio desde que bons ativos sejam escolhidos. Hoje temos a praticidade de investir em ativos indexados à inflaçao por meio do tesouro direto com compras mínimas de 70 reais. Isso é excelente para quem está começando agora e dispõe de pouca quantia mensal para investir. Para quem acha que investir pouco é besteira, é porque não conhece o poder dos juros compostos que vão turbinar o seu patrimônio ao longo dos anos. Comece com pouco agora para criar o hábito de investir.

    Quando você perceber que seu patrimônio está crescendo enquanto dorme, vai querer investir cada vez mais, principalmente em ativos geradores de renda de modo a depender cada vez menos do seu atual salário.

    forte abç, sucesso e bons investimentos :}

  • Anderson

    Eu já tapei os buracos dos baldes… minha vida financeira está bem.
    Quero tentar agora fazer aplicação no Tesouro Direto

  • Anderson Henrique Chaves

    Excelente xará!!! Lembrando q não Da pra tapar completamente o furo pq ele é responsável pelos nossos gastos incluindo a qualidade de vida. O ideal é deixar ele do diâmetro que seja capaz de pagar pelos seus hobbies, curtir a família e gastos e alguns luxos vêz ou outra sem exagero. Tudo é o meio termo.

    Temos excelentes artigos aqui sobre investimento no tesouro. Boa leitura e conte conosco 😉

  • Fala, Anderson!

    Mais um artigo ótimo! Essa metáfora com os baldes é muito interessante!

    O ideal é termos vários poços, pois nunca se sabe quando um deles pode secar!

    E o melhor de tudo é que aquele balde furado não fará nem cócegas quando tivermos “água” de vários poços!

    Grande abraço!

  • Edson Ichihara

    O WBC ele foca na sua renda extra. Ele dá idéias de como ganhar renda extra com fotografias, dublagem, blog; ensina como viver como rico, por exemplo tipo de colchão, tipo de roupa; como montar um negócio, como comprar imóveis físicos; como colecionar arte , moedas..É um aprendizado diferente sobre como aumentar sua renda com atividades em paralelo ao seu emprego. Parabéns pelo seu artigo!

  • Anderson Henrique Chaves

    Fala Vitor. Vlw pelo feedback :}
    É muito recompensador quando vemos o fluxo do poço passivo. Quando comecei eu nem acreditava que isso era mesmo possível pois não é uma educação que temos na escola.

    forte abç e bons investimentos!

  • Anderson

    Eu tenho 48 anos e comecei agorá a me interessar pelo Tesouro Direto com as palestrar do Rafael Seabra. Mas não comprei seu curso. Quero ter uma renda certa num.pequeno prazo pois quero minha independência financeira. Vc falou de vários meios que usou pra conhecer Tesouro Direto CDB Selic, etc Como posso começar a conhecer esse caminho novo de investimentos
    Tenho medo de procurar uma concessionária e não ser boa ou ir pra um caminho que não vai me dar uma boa rentabilidade num futuro breve (penso em.2 anos). É possível? Qual caminho a tomar pra conhecer esse novo universo de aplicação…?

    Enviado do aplicativo myMail para Android terça-feira, 24 novembro 2015, 05:22PM -02:00 de “Disqus” :

  • Anderson Henrique Chaves

    Fala Anderson. Parabéns pela iniciativa. No inicio também tive mt receio de errar, de nao escolher o mais correto, mas o estudo e a ajuda de alguns amigos mais experientes foi o principal na minha evolução.

    Cuidado com o desejo de grandes resultados no curto prazo, pq riqueza se constroi ao longo dos anos, muitos e muitos anos, de maneira gradual e consistente. Poupar e investir. Não tem nada diferente disso.

    Em 2 anos, a rentabilidade tem que ser mt alta, pq você conta com pouco tempo para os juros compostos trabalharem. Quando você pensa no longo prazo, não precisa se arriscar em ativos muito arrojados que pagam acima de 1% ao mes e arriscar teu patrimonio pq o tempo vai trabalhar a seu favor.

    Mas se você precisa de uma renda alta no curto prazo, vale mais a pena pensar em poupar mais e investir em ativos de acordo com o seu gerenciamento de risco.

    Lembre-se de que se você perder 50% do seu patrimonio, não basta um novo aumento de 50% para voltar ao ponto de partida. Você vai precisar dobrar o seu patrimonio e isso é muito dificil. Forte abç e bons investimentos

    Conte conosco!

  • Anderson Henrique Chaves

    que bacana Edson. Jà havia ouvido falar nesse WBC. Mas no momento vou ficar no simples mesmo hehe. Mas interessante essa ideia de aumentar a renda extra e preciso dar uma turbinada nela também.

    abç e obrigado