7 DICAS PARA AS COMPRAS DO DIA DOS PAIS

O dia dos pais está chegando e, com ele, inevitavelmente vêm os gastos com presentes.

No entanto, o que deveria ser um dia feliz de comemorações pode gerar grandes rombos em seu orçamento, caso você não tenha um bom controle.

Por esse motivo, separei aqui 7 dicas excelentes para ajudá-lo a dar um ótimo presente para seu pai, sem comprometer sua situação financeira:

1) Analise seu orçamento
2) Saiba do que seu pai gosta (ou precisa)
3) Divida os gastos com a sua família
4) Combine datas comemorativas
5) Compre com antecedência
6) Aproveite queimas de estoque
7) Dê presentes personalizados

1) ANALISE SEU ORÇAMENTO

Se estamos falando do controle financeiro, obviamente devemos estar atentos ao nosso orçamento.

É claro que queremos sempre dar o melhor para quem amamos, mas é necessário verificar o que está dentro de suas condições.

Analise friamente seu orçamento do mês e veja quanto pode gastar sem que precise se endividar.

Seu pai não analisará o presente pelo custo, mas sim pelo “valor” que enxergar naquilo.

Se foi algo que realmente escolheu pensando nele e nos gostos dele, com certeza será algo muito valioso.

Lembre-se que nem tudo o que é mais caro é melhor. E nem tudo que é mais econômico é pior.

2) SAIBA DO QUE SEU PAI GOSTA (OU PRECISA)

Dar um presente não é tarefa fácil.

Eu, por exemplo, tenho muita dificuldade em escolher presentes.

Isso porque não quero dar “qualquer coisa” simplesmente por “obrigação”.

Procuro dar um presente que a pessoa realmente usará, que não será simplesmente mais um objeto guardado no fundo de um armário.

O problema é quando você não conhece muito bem tal pessoa (se for apenas um colega ou conhecido).

Porém, quando se trata de nosso pai, devemos sempre sair do que ele realmente gosta e que será um presente interessante.

Pense em que atividades seu pai faz quando não está trabalhando.

Será que ele gosta de ler? Praticar esportes? Arrumar objetos? Jogar videogame? Cozinhar? Viajar?

Pense nisso e certamente encontrará algo que ele queira bastante.

3) DIVIDA OS GASTOS COM A SUA FAMÍLIA

Uma maneira interessante de reduzir os gastos é fazendo “vaquinhas”.

Assim como você faz com seus amigos de comprarem e dividirem os custos de presentes para outros amigos, você pode fazer também com sua família.

Chame sua mãe e irmãos e pensem juntos em algo legal que pode ser dado.

Dessa maneira, vocês conseguem juntar um valor maior, escolher algo que talvez seja mais interessante e pesa menos no bolso de cada um.

Além disso, vocês pensam juntos em algo que possa realmente deixar seu pai feliz.

Dessa maneira, seu pai ganha um presentão, dado por toda a família junta.

Isso também evita comparações bobas entre valores de presentes e quem deu um presente mais legal.

O que pode ser muito legal aqui é dar uma “experiência” para seu pai.

Faça um churrasco em família, saia para almoçar ou jantar juntos, faça alguma atividade esportiva, ofereça um passeio diferente (por exemplo, de balão, barco ou para-quedas – para os pais mais radicais).

Ou, até mesmo, marque uma viagem em família. Tenho certeza que seu pai adorará isso.

4) COMBINE DATAS COMEMORATIVAS

Esta é uma ideia que justamente meu pai deu recentemente, que é a de nos presentearmos somente uma vez no ano.

Em vez de darmos pequenos presentes a cada data comemorativa do ano, podemos escolher, por exemplo, a data de aniversário e dar um presente realmente bom, como uma viagem ou algum objeto de valor mais alto que a pessoa queira muito.

Ainda não aplicamos isso, mas me soou interessante, pois, em vez de 4 presentes (aniversário, dia dos pais, Natal e Páscoa), pode-se dar algo de maior valor real para a pessoa.

Isso também pode ajudar melhor na organização do orçamento, pois já sabe que no dia do aniversário haverá aquele gasto alto específico e, assim, já economiza o valor correspondente.

O que já excluímos de certa forma foi o presente de Natal. No final do ano, reunimos toda a família e fazemos um amigo secreto.

Assim, cada um tem o gasto de um único presente.

5) COMPRE COM ANTECEDÊNCIA

Para quem costuma fazer compras on-line, é importantíssimo pensar no presente com antecedência, pois você precisa receber a compra antes do dia dos pais, não é mesmo?

Além disso, se você for em alguma loja em agosto, é bem provável que os preços estejam mais altos por conta da data comemorativa.

Tente comprar sempre fora de épocas assim, preferencialmente logo após essas datas, para que consiga aproveitar os melhores preços.

Um outro grande problema de comprar nas vésperas do dia é que você fica com pressa de encontrar algo, não pesquisa bem os preços e até acaba comprando algo que seu pai não gostará muito.

Procure criar a disciplina de pensar com antecedência nesses eventos que ocorrem todos os anos.

Assim, você consegue se organizar financeiramente e fazendo uma boa escolha.

6) APROVEITE QUEIMAS DE ESTOQUE

Se você for organizado o suficiente, é possível fazer compras em janeiro (na queima de estoque de Natal), por exemplo, já pensando nos presentes do ano.

No entanto, sabemos que isso é quase impossível para a maioria das pessoas (eu incluso).

Então, para o dia dos pais, é possível aproveitar artigos de inverno, pois, por já estarmos quase no final dessa estação, as lojas já procuram a liquidar seus estoques para começar as vendas de primavera e verão.

É claro que aqui entra aquela questão de que seu pai não usará algo de frio até o próximo ano, então como presente em si não seria tão legal.

Porém, não deixa de ser uma opção para quem está buscando economizar, principalmente porque, quando estamos no inverno, os preços de casacos, botas e cachecóis costumam ficar mais altos.

Tome cuidado também com artigos “da moda”, como smartphones e televisores de última geração.

Normalmente, esses lançamentos costumam ser bem caros e, no ano seguinte, já estão bem desvalorizados e perdem lugar para outro mais novo.

Não acho que valha a pena comprar a tecnologia de ponta. Sempre dou preferência por comprar algo do ano passado ou até retrasado, que normalmente não têm uma tecnologia tão inferior à deste ano.

7) DÊ PRESENTES PERSONALIZADOS

Isso é algo que tenho visto muito, principalmente nesses últimos anos de crise.

Para pessoas mais próximas, é comum dar algo de valor mais sentimental em vez de algo de valor material.

Se você está precisando economizar e tem alguma habilidade artesanal, pode criar algo personalizado para seu pai.

Confeccione ou compre algum objeto, como canecas ou camisetas, e personalize de acordo com os gostos do seu pai.

Algo muito legal também é montar um porta-retrato ou mural com fotos de sua família para que ele guarde de recordação.

Creio que com essas 7 dicas você consiga dar um belo presente para seu pai, mas sempre tomando cuidado com sua situação financeira.

Você com certeza também tem outras dicas que não citei aqui. Deixe um comentário dizendo como você faz!

Tenha um excelente dia dos pais!

Vitor Hernandes