CONTA DIGITAL: CONTA CORRENTE GRATUITA

conta-digital-corrente-gratuita-capa

Algumas das poucas certezas da vida são: a morte, os impostos e as taxas bancárias.

Bom, ainda não conheci ninguém que seja imortal.

Os impostos podem ser sonegados por meios ilícitos e muitos o fazem, mas sugiro que não faça isso.

Porém, é possível eliminar totalmente o pagamento de tarifas bancárias, agindo dentro da lei!

O QUE É CONTA DIGITAL?

A conta digital é uma conta corrente comum, que serve para receber salário, fazer transferências, realizar saques, utilizar cartões… enfim, tudo o que você já faz com a sua conta bancária.

A diferença é que a proposta dela é de ser digital, ou seja, os benefícios de isenção de taxas estão ligados ao modo que você utiliza a conta.

Você deve utilizar os meios eletrônicos, como internet banking, caixa eletrônico e telefone. Assim, todos os serviços que utilizar dessa forma serão totalmente gratuitos.

Mas há um detalhe importante: caso você precise de um serviço que o banco não disponibiliza pelos meios eletrônicos, você pode ir até a agência e realizá-lo presencialmente, e não será cobrado por isso.

MANUTENÇÃO DA CONTA = ZERO

Ao adotar a conta digital, você automaticamente se livra daquela taxa de manutenção mensal referente à cesta de serviços do banco.

E não pense que essas cestas oferecem recursos muito melhores que os da conta digital.

Na conta digital, você tem direito a:

– Cartão de débito (a função crédito pode ser ativada, mas poderá haver cobrança)
– Saques ilimitados e gratuitos em caixas eletrônicos e Banco 24 Horas
– Consulta de extrato gratuita em caixas eletrônicos e internet banking
– Transferências entre contas de mesmo banco ilimitadas e gratuitas em caixas eletrônicos e internet banking
– Transferências por TED/DOC ilimitadas e gratuitas em caixa eletrônicos e internet banking
– Mensalidade isenta de tarifas

Ou seja, se esses são os serviços que você utiliza, a conta digital atende e muito bem.

Caso precise de cheque, contato pessoal com o gerente e outros serviços, aí cabe avaliar se você precisa de outra cesta.

Sabemos que essas cestas de serviço costumam custar cerca de R$ 20,00 por mês, dependendo do pacote escolhido.

Ou seja, abrir uma conta digital já economizaria aproximadamente R$ 240,00 por ano.

Pode parecer pouco, mas é um custo que você está pagando e, na maioria dos casos, nem ao menos está utilizando.

TRANSFERÊNCIAS GRATUITAS!

Aqui no Jornada do Dinheiro, sempre recebemos dúvidas dos leitores referentes a qual corretora escolher.

Isso porque, normalmente, as corretoras têm contas em determinados bancos e, assim, o investidor consegue fazer as transferências gratuitamente.

Porém, sempre ressaltamos que esse não deve ser o fator de escolha, porque basta abrir uma conta digital e poderá transferir gratuita e ilimitadamente para qualquer corretora ou banco!

Como vimos no item anterior, a conta digital permite TED e DOC ilimitados e gratuitos.

Quem costuma fazer transferências mensalmente sabe que esse valor pode ser bastante relevante em nosso orçamento.

Supondo que você tenha uma cesta de serviços que permita 2 TEDs por mês, mas você precise fazer 3, estaria gastando cerca de R$ 8,00 por mês.

Em 1 ano, seria um custo de R$ 96,00 por algo que poderia ser gratuito.

Isso sem contar a rentabilidade que você teria investindo esse valor e o da manutenção da conta.

ONDE ABRIR UMA CONTA DIGITAL?

No momento em que escrevo, conheço 3 opções de bancos com conta digital: Itaú (iConta), Bradesco (Digiconta) e Intermedium (Conta Corrente Digital).

Até pouco tempo atrás, o Banco do Brasil também tinha seu Pacote Digital. Porém, ele foi descontinuado.

Quem abriu a conta lá antes disso ainda pode usufruir dos benefícios, mas não estão aceitando novos correntistas nessa modalidade.

Sobre o Itaú e o Bradesco, as contas são bem parecidas, então a escolha entre um e outro é bastante pessoal. Você pode, inclusive, abrir a conta em ambos para testar qual gosta mais.

Um detalhe importante sobre esses 2 bancos é que, caso você já tenha uma conta lá, não pode simplesmente transformá-la em digital.

Você precisaria encerrar sua conta e abrir a conta digital.

Caso não tenha certeza de que é isso mesmo que deseja fazer, abra a conta digital no banco em que ainda não tem uma conta. Assim, você pode avaliar como ela funciona e, caso goste, fechar a conta no outro banco posteriormente.

Quanto ao Intermedium, a conta é totalmente digital. Não existe agência física para serviços. Também não é possível depositar dinheiro lá via caixa eletrônico.

Para enviar seus recursos para o banco, você pode escolher receber seu salário e outros pagamentos no próprio banco, realizar TED/DOC de outro banco para ele ou gerar um boleto e fazer o pagamento. O problema do boleto é que pode demorar 2 dias úteis para compensar.

Uma vantagem do Intermedium em relação aos demais é que ele oferece investimentos interessantes, como CDB com liquidez diária, LCI com pagamento de juros semestrais e outros títulos com vencimentos mais alongados e rentabilidade muito superior à dos bancos considerados grandes.

POR QUE NUNCA OUVI FALAR SOBRE CONTA DIGITAL?

Bom, responderei com outra pergunta.

Como os bancos faturam bilhões por ano com tarifas em cima de serviços que os clientes sequer usam, qual seria o interesse deles em divulgar uma conta gratuita?

Suspeito que nem mesmo no próprio treinamento dos funcionários seja falado sobre essa conta, justamente para que ninguém a ofereça a seus clientes.

COMO ABRIR UMA CONTA DIGITAL?

Vá a alguma agência de sua escolha com os seguintes documentos:
– RG, CNH ou carteira de trabalho
– CPF
– Comprovante de residência (conta de água, luz, telefone ou gás)
– Comprovante de renda (holerite, declaração do imposto de renda ou contracheque)

Sugiro que leve também o PDF das respectivas contas: Itaú ou Bradesco.

Isso porque o gerente se fará de desentendido ou realmente pode não conhecer a conta.

Então, leve o documento e prove que você pesquisou e não será facilmente enganado.

Para abrir a conta no Intermedium, é muito mais simples. Basta entrar no site do Intermedium, preencher os dados e enviar o que for solicitado.

E SE RECEBO MEU SALÁRIO EM OUTRO BANCO?

Muitos acabam mantendo sua conta corrente habitual, mesmo pagando altas taxas, com a justificativa de que é onde recebem o salário.

No entanto, você pode abrir a conta digital da mesma maneira e mudar sua conta atual para conta salário.

Ao fazer isso, seu salário pinga na conta original e é imediatamente transferido para uma outra conta que você escolher.

Assim, você pode escolher que seja enviado para a sua conta digital e, a partir dela, fazer tudo o que você precisa, com a maioria dos serviços sendo gratuitos.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Agora que você leu sobre esse assunto, não pode mais fingir que não conhece a conta digital e não fazer nada a respeito.

Pare de jogar seu dinheiro no lixo com taxas totalmente desnecessárias.

Deixe a preguiça de lado e busque essa alternativa que é muito simples e trará grandes benefícios financeiros (a menos que R$ 334,00 por ano seja completamente irrelevante para você).

Junte seus documentos e vá atrás dessa opção o quanto antes!

Uma vida financeira de qualidade depende de escolhas financeiramente inteligentes!

Se tiver qualquer dúvida, deixe um comentário!

Grande abraço!

Vitor Hernandes