CARTEIRA DE AÇÕES DO JORNADA – 01/04/2019

Hoje, completamos um mês da criação da Carteira de Ações do Jornada. Caso ainda não tenha visto, leia aqui o artigo com a montagem do portfólio.

Iniciamos a carteira com 10 mil reais, e a ideia é aportar 1 mil reais todo mês, além do valor que sobrou em caixa e os dividendos recebidos no período.

Vejamos como foi o desempenho da carteira em março:

A carteira teve uma valorização total de R$ 133,45, o equivalente a 1,33% sobre o valor que investimos.

Não é uma valorização tão expressiva quando se trata de ações, mas já representa mais de 200% do CDI.

Também vale lembrar que, nesse mês, o Ibovespa chegou a bater os 100 mil pontos, mas logo sofreu uma correção.

Por fim, o foco de uma carteira deve ser de longo prazo, então valorizações de curto prazo não são tão relevantes, assim como eventuais desvalorizações (que, inevitavelmente, também teremos) fazem parte do processo.

O importante é que os ruídos políticos e externos às empresas influenciam suas cotações somente no curto e médio prazo. No longo prazo, as cotações seguem os fundamentos das empresas.

Portanto, o fechamento da nossa carteira no dia 01/04/2019 ficou assim:

Carteira de Ações do Jornada – 01/04/2019

Tivemos boas valorizações em Engie, EZ Tec e Fleury, enquanto Itaú e Weg tiveram desvalorizações.

Quando temos boas empresas na carteira, essas quedas podem ser oportunidades para novas compras.

No entanto, é importante entender que, no mercado de ações, essas valorizações ou desvalorizações de até uns 10% são totalmente normais e podem acontecer até mesmo dentro de um único dia.

Com relação a dividendos, foram anunciadas distribuições de Itaú, Fleury e Weg, mas os pagamentos só ocorrerão a partir de maio.

Portanto, para a nova compra da carteira, temos somente o caixa de R$ 1,83 e o novo aporte de R$ 1 mil, totalizando R$ 1.001,83.

Com esse valor, decidi comprar 58 ações da LOGG3, pelo preço médio de R$ 17,06, totalizando R$ 989,48. Com isso, a carteira ficou com o caixa restante de R$ 12,35.

A Log Commercial Properties (LOGG3) é uma empresa focada no desenvolvimento de galpões logísticos de alta qualidade, para posterior locação ou venda.

Ela era uma parte da empresa MRV (MRVE3), mas houve uma cisão no final de 2018, e agora a Log é uma empresa independente.

Seu valor patrimonial está na faixa de 29,00 reais, o que, para uma empresa focada em imóveis, é um desconto bastante considerável no preço atual de 17 reais.

Ressalto que não estou recomendando a compra, apenas apontando por que resolvi comprá-la.

Ainda está com dúvidas se deseja entrar no mercado de ações? Dê uma lida no artigo “Vale a Pena Investir em Ações?”, onde mostro os prós e contras para que você possa tirar suas próprias conclusões.

E você que já investe:que ações tem em sua carteira? Quais você não teria? Deixe seu comentário!

Até a próxima atualização! Grande abraço!

Vitor Hernandes