CARTEIRA DE AÇÕES DO JORNADA – 01/05/2019

Chegamos ao segundo mês desde a criação da Carteira de Ações do Jornada. Caso ainda não tenha visto, leia aqui o artigo com a montagem do portfólio.

Em abril, tivemos algumas empresas divulgando os resultados do primeiro trimestre de 2019 e anunciando a distribuição de dividendos.

No primeiro trimestre de 2019, a Weg (WEGE3) apresentou, em relação ao primeiro trimestre de 2018, aumento de 14,9% da receita líquida, aumento de 7,7% do lucro líquido e aumento de 21,6% do EBITDA. A empresa continua uma máquina.

Já a Fleury (FLRY3) apresentou aumento de 7,2% da receita líquida, aumento de 0,5% do lucro líquido e aumento de 5,8% do EBITDA. O mercado esperava um resultado melhor, refletido na queda das cotações no dia seguinte. No entanto, não há nada a se preocupar aqui. São resultados excelentes.

Por fim, a Log Commercial Properties (LOGG3) apresentou aumento de 19,4% da receita líquida, aumento de 22,5% do lucro líquido e aumento de 16,7% do EBITDA. Além disso, os números que a própria empresa destaca são: entrega de 75 mil m² de ABL de galpões, sendo 88% deles já locados; yield on cost (YOC) de 12,7% ao ano sobre essas entregas; e vacância do portfólio de galpões está em 5,3%.

Achei os resultados das 3 empresas muito bons, com destaque ainda mais positivo para a Log, que entrou na carteira como uma aposta de longo prazo e já tem mostrado evoluções reais.

Itaú (ITUB3), Engie (EGIE3) e EZ Tec (EZTC3) divulgam seus resultados em maio.

Vejamos como foi o desempenho da carteira em abril:

No fechamento de abril, a carteira apresentou uma desvalorização total de R$ 143,02, um prejuízo de 1,30% sobre o valor que investimos.

Como dito na atualização anterior, é natural vermos desvalorizações em determinados períodos, mas isso não pode ser motivo de pânico.

Sempre ressalto que, no curto prazo, as cotações são aleatórias. Devemos observar os fundamentos das empresas e, caso elas estejam entregando resultados, pode significar bom momento de comprar mais.

Portanto, o fechamento da nossa carteira no dia 01/05/2019 ficou assim:

Carteira de Ações do Jornada – 01/05/2019

O que chama muito a atenção é a grande desvalorização da EZ Tec. Mas o que ocorreu?

Na realidade, a EZ Tec anunciou uma bonificação de ações na proporção de 21,2108114007 ações para cada 100, ou seja, 21,21%.

Isso significa que o investidor receberá ações gratuitamente às quais será atribuído o custo de R$ 15,82 para efeitos fiscais.

No caso da Carteira do Jornada, como temos 75 ações, calculando os 21,21%, teríamos direito de receber mais 15,9075 ações gratuitamente. Como não é possível ter fração de uma ação, receberemos 15 ações e um crédito em dinheiro referente aos 0,9075.

Basicamente, devemos considerar que compramos 15 ações por R$ 15,82, sem adicionar nenhum outro custo. Mas por que declarar que comprei sendo que recebi de graça?

Na declaração de imposto de renda, isso é compensado ao se declarar o valor recebido em bonificações como rendimentos isentos.

Feitas essas considerações, a EZ Tec teve esse valor referente à bonificação descontado do preço. Então, não houve uma real desvalorização das ações, apenas um ajuste de preço que, na realidade, somaria o mesmo montante do dia anterior.

Quanto às outras ações da carteira, as oscilações são bem comuns e ITUB3 continua no prejuízo.

Com relação a dividendos, foram anunciadas distribuições de Log e EZ Tec, mas os pagamentos só ocorrerão a partir de maio, assim como os proventos das ações que anunciaram anteriormente.

Portanto, para a nova compra da carteira, temos somente o caixa de R$ 12,35 e o novo aporte de R$ 1 mil, totalizando R$ 1.012,35.

Com esse valor, decidi comprar 12 ações da SAPR11, pelo preço médio de R$ 78,68, totalizando R$ 944,16. Com isso, a carteira ficou com o caixa restante de R$ 68,19.

A Sanepar (SAPR11) é uma empresa de saneamento básico do estado do Paraná. Ela tem controle estatal, mas seus balanços são excelentes, com receita, lucro e geração de caixa crescentes ao longo do tempo.

Além disso, ela tem possibilidade de ser privatizada no Governo Bolsonaro, o que poderia melhorar ainda mais seus resultados.

Destaco que não estou recomendando compra, apenas apontando por que resolvi comprá-la.

Ainda está com dúvidas se deseja entrar no mercado de ações? Dê uma lida no artigo “Vale a Pena Investir em Ações?”, onde mostro os prós e contras para que você possa tirar suas próprias conclusões.

E você que já investe: que ações tem em sua carteira? Quais você não teria? Deixe seu comentário!

Até a próxima atualização! Grande abraço!

Vitor Hernandes