CARTEIRA INTERNACIONAL DO JORNADA – 13/05/2019

Vamos para mais uma atualização da Carteira Internacional do Jornada. Caso ainda não tenha visto o artigo com a montagem do portfólio, clique aqui.

Nos últimos 30 dias, o índice S&P 500 saiu da faixa de 2.905 pontos para 2.811 hoje. Isso representa uma queda de 3,23%.

O mundo está agitado por conta de impasses políticos, principalmente entre EUA e China.

Porém, não é possível prever quando acontecerá uma queda realmente relevante. Na metodologia de buy & hold, continuamos com aportes todos os meses e, assim, compraremos em preços considerados altos e também nos baixos.

Vejamos como foi o desempenho da carteira até agora:

A carteira teve uma valorização de R$ 219,17, que representa 1,99% sobre o valor investido.

No mês passado, a valorização acumulada era de 1,02%, então tivemos uma valorização inferior a 1% este mês, mas considerada boa, já que o S&P 500 teve queda superior a 3%.

Veja como estava a carteira no dia 13/05/2019:

Carteira Internacional do Jornada – 13/05/2019

A rentabilidade foi puxada para baixo pelo XSOE, que apresentou queda de 8,07%. Por que isso ocorreu?

Vamos lembrar que o XSOE investe em ações de países emergentes. Boa parte de seu portfólio é de empresas da China e Hong Kong. Além disso, tem certa exposição no Brasil também.

As bolsas desses países apresentaram quedas no último mês, o que explica queda do ETF também.

No entanto, nada a se preocupar. Oscilações são normais e, inevitavelmente, teremos momentos de lucro e de prejuízo.

Por esse motivo e por acreditar que possa haver uma correção maior nos EUA, optei por fazer um novo aporte no XSOE, em vez de comprar uma ação norte-americana.

Portanto, utilizando o aporte mensal de R$ 1.000,00, a conversão em dólar ficou em US$ 244,16, que, somado ao caixa de US$ 15,51, ficamos com o total de US$ 259,67 para investir no XSOE.

Com esse valor, compramos 9 cotas por US$ 27,52, totalizando US$ 250,67 (incluindo a taxa de corretagem de US$ 2,99) e restando US$ 9,00 em caixa para o próximo mês.

Ainda está com dúvida se deseja investir no exterior? Leia o artigo “Vale a Pena Investir em ETFs no Exterior?” e tire suas próprias conclusões!

Agora quero saber de você! Já está investindo no exterior? Que ativos você tem em sua carteira? Quais você não teria? Deixe seu comentário!

Até a próxima atualização! Grande abraço!

Vitor Hernandes